Léxico: «verde-seco»

Ainda as cores

 

      A propósito de cores: «Vestia ainda um casaco de organza natural de cor verde-seco, na cabeça um chapéu muito vaporoso que lhe ficava lindamente» (A Magrizela, Maria da Glória, 1962. Lisboa: Oficinas Gráficas de R. R. R. Duques de Bragança, p. 134). Hoje ficamos por aqui, pois estou com obras à minha volta. Façam por merecer o meu regresso.

 

[Texto 14 383]

Helder Guégués às 09:00 | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,