Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «cormorão»

Há muitas assim

 

      «É o cormorão uma ave engenhosa, que os naturalistas chamam pelicanos sinensis; aprende a pescar, como a caçar aprende o perdigueiro; mergulha, e traz sempre peixe» (Lisboa: Histórias e Memórias, Maria João Janeiro. Lisboa: Livros Horizonte, 2006, p. 145).

      Parece mentira, mas, se eu o digo, é sempre porque é verdade: não está no dicionário da Porto Editora! Anda por lá perdido num bilingue, cormorano.

 

[Texto 14 556]

Léxico: «salva-orelhas»

A maioria ficará

 

      Tirando casos excepcionais, a realidade tem de ir à frente, e só depois procuramos um termo para nos referirmos a ela. Ontem, tive de ir a uma loja comprar um par de salva-orelhas, não para mim, que quase não uso máscara. Bastou dizer isso: «Queria dois salva-orelhas.» E os nossos aliados do lado de lá da Mancha não dizem ear savers, não? (Sim, decerto: há termos que vão morrer com a própria pandemia. E «covidário», de que falei aqui, será um deles. Mas, recentemente, na mesma semana, vi-a duas vezes num noticiário da TVI24. Aparecia inscrito numa porta de um hospital.)

 

[Texto 14 554]