Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Definição: «inalador»

Só que não é bem assim

 

      «É engraçado que a nossa opção, por ter sido mais para aumentar a capacidade de resposta, acaba por ser uma vantagem hoje em dia, porque, com as vacinas que estão a tentar ser produzidas pelo mundo todo, há escassez dos frascos da vacina, das seringas, esses produtos passaram a ser produtos que estão completamente esgotados, quase como aconteceu com as máscaras. No nosso caso, como temos um inalador, é bastante diferente e não temos essa limitação [afirma Bruno Santos, da empresa biotecnológica Immunethep]» («Vacina portuguesa contra a Covid-19 pode estar no mercado no próximo ano», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 12.02.2021, 21h04).

      Para a Porto Editora, inalador é o «instrumento próprio para administrar medicamentos sob forma gasosa ou líquida através das vias respiratórias por pulverização». Será assim — sob forma gasosa ou líquida — a maioria das vezes. Contudo, como não é sempre, a definição não está correcta. Não há, por exemplo, insulina inalável, cuja substância é em pó?

 

[Texto 14 777]