Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «meninil»

Quais seguintes?

 

      «Mónica atende o telefone, tem três espalhados na cama, faz uma voz fina e meninil, quase a miar, parecendo mais jovem do que o que é [sic]. O diálogo é sussurrado e breve, ela responde a duas perguntas, aceita a marcação, desliga a dizer sim, querido, até já» («Sou transexual. E depois?», José Miguel Gaspar, Notícias Magazine, 9.05.2021, p. 16).

      «Resultado da pesquisa noutros dicionários. A expressão pesquisada ocorre nas seguintes entradas», mas não, só em dicionários da concorrência. Lapsos, falhas, erros.

 

[Texto 15 077]

Léxico: «quadrilé»

Nos dicionários, nem rasto

 

      «“O meu sonho era transformar a tapeçaria em arte”, revela [Ana Miguel Silva]. E é o que acontece. A garagem de casa, em Vila Nova de Famalicão, é o ateliê criativo onde encontrou tecido da avó Maria Bertila que encaixa na perfeição no que queria fazer, um pano tipo quadrilé, só que mais grosso e maleável» («Ana Miguel e os seus tapetes fora de formato», Sara Dias Oliveira, Notícias Magazine, 9.05.2021, p. 40).

 

[Texto 15 076]

Léxico: «pró-democracia | pró-independência»

Chegou a hora, Porto Editora

 

      «O ativista pró-democracia foi condenado a mais dez meses de prisão por ter participado numa vigília do 31.º aniversário do massacre de Tiananmen, que aconteceu a 4 de junho de 1989, quando a repressão do exército chinês a uma concentração pacífica pela liberdade causou milhares de mortos, cujo número certo nunca foi apurado» («Hong Kong. Sete manifestantes condenados à prisão», Inevitável, 7.05.2021, p. 11).

      Para que dicionário remeto Yeo, o coreano meu conhecido? É que ele só vê, em quase todos os nossos dicionários, «pró-germânico», que ele não é muito, ou «pró-ocidental», o que ele sempre se sentiu e vê em todos os dicionários. Claro que depois não queremos parar: porquê «pró-democracia» e não «pró-independência», por exemplo? Aqui já não seria Yeo a perguntar, mas a Sra. Nicola Sturgeon (ou Mrs. Nicola Sturgeon, como insistem os nossos tradutores e os editores deixam).

 

[Texto 15 074]

Léxico: «drepanossauro»

Desconhecido por cá

 

      «No ano passado, também um fóssil invulgar foi descoberto no Petrified Forest National Park, no Arizona. Pertencia a uma espécie de réptil escavador [Skybalonyx skapter] pré-histórico conhecido como drepanossauro, um [sic] mistura entre tamanduá e camaleão» («Mergulhadores encontram osso de mamute de mais de um metro», Sara Porto, Inevitável, 7.05.2021, p. 32).

[Texto 15 073]