Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «musgão | leiva»

Em dezasseis, esta

 

      «Aproveite o trilho identificado, com partida no miradouro, e observe os espessos tufos de musgão (turfeiras)» («Fortalezas e piratas», Guia Expresso Verão — Açores, p. 36). Nos Açores há dezasseis espécies, mas só estes têm nome comum no arquipélago – musgão ou leiva, e foram outrora usados para cama dos ananases pelas suas características biológicas de acumulação de água e ar. Nos dicionários, nada.

 

 

[Texto 15 261]

Léxico: «desfronteirizar | desfronteirização»

Na paisagem galega

 

      Não é para dicionarizar, mas somente para saberem que se usam, porque também aqui estamos para isso: «Do lado de lá fala-se de desfronteirização — da eliminação da fronteira entre dois países que quase não existe — e na valorização das duas margens do rio Minho. A Fugas passou um dia a descobrir coisas que estão escondidas na paisagem galega» («A luta das redeiras e outras histórias do rio Minho», Luís Octávio Costa, Público, 19.06.2021, 9h01).

 

[Texto 15 260]

Léxico: «teia | urdimento»

Nos bastidores do teatro

 

      No mesmo dia, também na Antena 1, foi entrevistado alguém que trabalhava no teatro, e que contava um episódio sobre determinada peça, em que ele, lá na teia, quase no fim, tinha de lançar farinha cá para baixo. Onde está, nos nossos dicionários, esta acepção de teia? Talvez em nenhum. E se eu quiser explicar, esbarro noutra dificuldade: onde pára o urdimento do teatro nos nossos dicionários? Sem ovos, não há omeletas. Vá, aprendam aqui alguma coisa.

 

[Texto 15 259]

Léxico: «árbitra»

Vá, vão dizendo que não se usa

 

      «A árbitra Eunice Mortágua socorreu dois jovens futebolistas que caíram inanimados em jogos de campeonatos distritais de formação de Aveiro, no sábado, tendo um deles sofrido três paragens cardíacas até à chegada da ambulância» («Árbitra socorre um futebolista inanimado e outro com três paragens cardíacas», Rádio Renascença, 23.06.2021, 10h29).

 

[Texto 15 258]

Léxico: «tegão | enrelvamento»

Mais genérica

 

      A empresa agro-industrial Sogepoc inaugurou, já este mês, no concelho de Évora, a primeira fábrica de processamento de nozes em Portugal. Numa visita guiada pelo CEO, vimos vários tegões por onde as nozes, nas diversas fases (lavagem, secagem, triagem, descasque, etc.), passavam. Está mesmo a ver-se que a definição de tegão, nos nossos dicionários, tem de ser mais genérica, mais abrangente. Ah, outra coisa: nas plantações, procederam, entre outros cuidados com o ambiente, ao enrelvamento da entrelinha, técnica há muito usada também nas vinhas.

 

[Texto 15 257]

Léxico: «continuação»

Elíptica, popular, pois...

 

        Mas... Na Antena 1, entrevistavam uma tripeira dos quatro costados. Carago! E que disse ela que mereça vir para aqui? Despediu-se do repórter assim, tão-só: «Continuação.» Não, como o Rogério, testemunha de Jeová que se estreia agora como personagem do Linguagista, «boa continuação», mas ainda mais elíptico. Não tarda, tenho aí Yeo e Pilar a perguntarem-me o que significa isto. Não posso, simplesmente, remetê-los para os dicionários — seria mandá-los para nenhures, ou para um beco sem saída.

 

[Texto 15 256]