Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «deixa-andar»

Não deixamos

 

      «Quais sonâmbulos ou sonhadores, os possessos divinos moviam-se ao ritmo de um deixa-andar preguiçoso, visivelmente repousado, numa sonolência que mais parecia o movimento das imagens em câmara lenta do que seres embalados pela divina graça do Senhor» (Lugar Caído no Crepúsculo, João de Melo. Alfragide: Publicações Dom Quixote, 2014, p. 141).

 

[Texto 15 312]