Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «urso-das-cavernas»

Fora dos dicionários!?

 

      «É uma descoberta e tanto. Um urso-das-cavernas [Ursus spelaeus] com mais de 22 mil anos foi encontrado em bom estado de conservação numa gruta no Ártico russo. A carcaça do animal que viveu na Idade do Gelo foi encontrado na semana passada por um grupo de pesquisadores da NEFU (Universidade Federal do Nordeste) em Yakutsk (Sibéria), depois de alertados para a descoberta por um grupo de pastores de renas nas ilhas Lyakhovsky, no extremo norte da Rússia, entre o mar de Láptev e o mar da Sibéria Oriental» («Urso-das-cavernas com mais de 22 mil anos encontrado intacto numa gruta por pastores de renas», Diário de Notícias, 15.07.2020, 17h26).

 

[Texto 15 343]

Léxico: «suboclusão»

Mas não são mais felizes

 

      «“O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal”, detalha-se no texto divulgado à imprensa pela unidade de Saúde» («Bolsonaro fica internado a receber tratamento clínico “conservador”», TSF, 15.07.2021, 6h57). Bolsonaro tem suboclusão — os nossos dicionários não têm.

 

[Texto 15 342]

Léxico: «carlismo»

Já que falo nisto...

 

      «Nesse mesmo ano, José António Primo de Rivera fundou a Falange Espanhola, um agrupamento político de inspiração fascista que reclamava um golpe militar, ideia também apoiada pelos carlistas (monárquicos tradicionalistas)» («Um país estilhaçado», Lourenço Pereira Coutinho, «Revista E»/Expresso, 2.07.2021, p. 41).

      Sim, Porto Editora, registas carlista, mas em carlismo tens uma gralha: «HISTÓRIA, POLÍTICA corrente política que defendia os direitos de Dom Carlos de Borbón (1788-1855) e dos seus descentes ao trono de Espanha e que advogava o absolutismo como forma de regime». Não tens de quê. Mas espera: é impressão minha ou a tua definição junta duas coisas diferentes? Eis a do Dicionário da Real Academia Espanhola: «1. m. Movimiento partidario del infante don Carlos de Borbón contra la reina Isabel II de España. 2. m. Doctrina política del carlismo que defendía el absolutismo frente a las corrientes liberales.»

 

[Texto 15 340]