Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «larva-da-farinha»

Mais uma larva

 

      «Guilherme Pereira lidera a Portugal Bugs, uma das duas empresas nacionais (a outra é a Nutrix — e há ainda outra prestes a avançar) que comercializa produtos alimentares acabados com insetos. São barras energéticas e snacks de vários sabores, mas em cuja confeção a base proteica é fornecida por uma farinha obtida a partir de larvas de um inseto — o tenebrio molitor, um besouro; também são conhecidas como larva-da-farinha, tenébrio ou tenebrião» («Os insetos estão a chegar ao nosso prato», Luís Francisco, «Revista E»/Expresso, 30.07.2021, p. 80).

      Querem ver que é desta que Luís Francisco aprende que se escreve Tenebrio molitor, querem? Ainda podemos ter essa esperança. E a larva-da-farinha também já pode ir para os dicionários.

 

[Texto 15 409]