Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «ciberdireito | colunismo»

Só conheces «quinta-colunismo»

 

      «Deve apoquentar-nos a desigualdade de acesso, um dos temas centrais da Carta Portuguesa de Direitos Humanos na Era Digital. O PRR vai assegurar o financiamento de projetos que darão expressão prática inédita aos ciberdireitos. Teremos tarifa social de Internet. [...] O abuso de colunismo dominante tem dado palco a ciberanarquistas. Veem em qualquer diploma que regule a vida do ciberespaço um atentado letal contra a Constituição» («Regular o ciberespaço», José Magalhães, Público, 15.07.2021, p. 8).

 

[Texto 15 434]

Léxico: «numantino»

Chegou a vez de Freixo de Numão

 

      «António do Nascimento Sá Coixão, arqueólogo numantino e precursor da investigação arqueológica no concelho de Vila Nova de Foz Coa, tendo fundado o Museu da Casa Grande de Freixo de Numão, é homenageado num volume dado à estampa por esta instituição, que faz 25 anos» (JN/História, n.º 33, Agosto de 2021, p. 4).

      Para o dicionário da Porto Editora (na verdade, para todos sem excepção), este arqueólogo é natural de «Numância, cidade da Espanha antiga, na região de Castela Velha». Ouçam-no aqui dizer que, não senhora, foi em Freixo de Numão que nasceu. (E não se deve escrever Castela a Velha, quando não Castela-a-Velha, como já aqui defendi? Mais: até na Infopédia se lê «Castela a Velha». Coerência, uniformidade, por favor. Afinal, não escrevemos Albergaria-a-Velha, Albergaria-a-Nova, Andorra-a-Velha, Condeixa-a-Velha, Condeixa-a-Nova, Ferreira-a-Nova, Idanha-a-Velha, Idanha-a-Nova, Montemor-o-Velho, Montemor-o-Novo, Proença-a-Velha, Proença-a-Nova, e por aí fora?)

 

[Texto 15 433]

Léxico: «comando-geral»

Todos a evitam

 

      «A lancha da Guarda Nacional Republicana (GNR), Bojador, já foi desencalhada, por volta das 22h20, com a ajuda de um rebocador e aproveitando a preia-mar, apurou o Diário de Notícias junto de fonte oficial do comando-geral da GNR» («Lancha da GNR já foi desencalhada», Rádio Renascença, 1.09.2021, 23h39, itálicos meus).

      Porque não se limita a GNR a andar de jipe e a cavalo por esses caminhos rurais? Não, quiseram logo uma megalancha de 8,5 milhões de euros. Como se previa, deram com os burrinhos na água.

 

[Texto 15 432]

Léxico: «rocha-mãe»

Vamos minerar isto

 

      Ah, não sei, quanto a mim, justifica-se que se escreva com hífen, rocha-mãe (bedrock, em inglês), mas depois o que vejo é que não está no dicionário da Porto Editora, embora surja na definição de um termo («subsolo»), erro comum a quase todos os dicionários. Finalmente, num texto de apoio da Infopédia, surge sem hífen, rocha mãe. O oposto do que esperamos de um dicionário. Em subsolo: «GEOLOGIA parte da litosfera subjacente ao solo propriamente dito, assente sobre a rocha de cuja desagregação proveio (rocha-mãe) e constituída só por elementos minerais».

 

[Texto 15 431]