Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «eulógia»

Tanto para corrigir

 

      «Durante o serviço religioso, não houve eulogia ou sermão. O deão de Windsor, David Conner, destacou a “bondade, humor e humanidade” do príncipe Filipe e disse que a nação foi inspirada “pela sua lealdade inabalável à rainha”. Já o arcebispo da Cantuária, Justin Welby, agradeceu a sua “fé e lealdade resolutas” e o seu “alto sentido de dever e integridade”. O duque de Edimburgo ficará no jazigo real até à morte da rainha, com quem casou há 73 anos, devendo ambos ser depois sepultados lado a lado» («Rainha Isabel II sozinha no adeus ao príncipe Filipe», Susana Salvador, Diário de Notícias, 17.04.2021, 17h57).

      É claro que F. V. Peixoto da Fonseca, do Ciberdúvidas, se espalhou numa consulta de 13 de Abril de 2009. É que eulógia é muita coisa. Infelizmente, incompreensivelmente, nenhuma das formas (eulógia/eulogia, mas é preferível a primeira) está dicionarizada pela Porto Editora. (Também continuo à espera de que alguém do Ciberdúvidas venha corrigir o que Paula Torres de Carvalho afirmou de «camaradaria». Se respeitarem os leitores, os falantes, é o que farão rapidamente.)

 

[Texto 15 499]

Definição: «came»

Pouco se fica a saber

 

      «A resposta dos visitantes e da imprensa foi tão favorável, que levou a marca italiana a considerar a sua produção, que iria acontecer em 1970, não sem antes serem feitas algumas alterações. Foi dado oficialmente o nome de Montreal e foi equipado com um motor V8 de 2,6 L de cilindrada, derivado do Tipo 33 de competição e do 33 Stradale. Este motor, com duas árvores de cames em cada cabeça e lubrificação por cárter seco, utiliza um sistema de injecção mecânica SPICA, para desenvolver uma potência de 230 cv às 6500 rpm e 235 Nm de binário às 4750 rpm. Acoplado ao motor está uma caixa de cinco velocidades manuais da ZF» («Depois de 30 anos fechado numa garagem este Alfa Romeo Montreal vai a leilão», Motor 24, 22.09.2021).

      Se formos comparar definições do vocábulo came, é claro que a do Merriam-Webster é, de longe, muito mais clara, completa e ilustrativa do que a de qualquer um (ou todos juntos) dos nossos dicionários: «a rotating or sliding piece (such as an eccentric wheel or a cylinder with an irregular shape) in a mechanical linkage used especially in transforming rotary motion into linear motion or vice versa». Menos do que isto é nada.

 

[Texto 15 498]

Léxico: «babá»

Qual ama-seca!

 

      Então, o empratamento é simples: «Retira-se a tampa do babá em forma cilíndrica, recheia-se o mesmo com o creme de fava tonka e dispõe-se a tampa na lateral. Pode ser servido com um sorvete a gosto e frutos vermelhos» («A receita de babá com rum da chef Justa Nobre», Tiago Guilherme, Evasões, 2.11.2018). Para a Porto Editora, é só a ama-seca.

 

[Texto 15 497]