Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «colossense | esturjão-atlântico»

O povo, o peixe, a preguiça

 

      «É verdade que encontramos essa saudação na Epístola aos Colossenses, não é, Helder?» É. Como também é verdade que não vamos encontrar o vocábulo colossense nos nossos modernos dicionários. Nem já a leitura da Bíblia escapa a este desleixo. Ainda eu me admirava quando, na quinta-feira passada, ouvi na TSF falar do esturjão-atlântico (Acipenser oxyrinchus) e comprovei que não estava dicionarizado.

 

[Texto 15 549]

Definição: «paginador»

Aquele que

 

      Ai este paginador... Bem, mas tendo em conta a definição que dele nos dá o dicionário da Porto Editora — «o que faz a paginação» —, é muitas vezes, naturalmente, poucochinho. Agora vejam como o define o Treccani: «In tipografia, compositore specializzato nel lavoro d’impaginazione; nella redazione di un giornale illustrato, di una rivista, di un’enciclopedia illustrata, ecc., chi provvede a preparare i menabò secondo i quali andrà poi eseguita l’impaginazione; nella redazione dei giornali quotidiani, redattore che attende, direttamente in tipografia, all’impaginazione.»

 

[Texto 15 548]

Léxico: «xantismo | melanóforo | xantóforo»

Também nos peixes

 

      «Investigadores do Instituto Politécnico de Leiria anunciaram a descoberta inédita, ao largo de Sines, de um carapau com cor laranja, uma anomalia genética conhecida em outros peixes, mas registada pela primeira vez nas mais de cem espécies de carapau. [...] “Trata-se de uma anomalia genética semelhante ao albinismo, que se designa por ‘xantismo’ e que se caracteriza pela ausência ou inibição de células responsáveis pela pigmentação escura (melanóforos), dando lugar a outras, responsáveis por pigmentação amarela (xantóforos)”, explicou o biólogo Nuno Vasco Rodrigues à agência Lusa» («Inédito. Carapau cor de laranja encontrado ao largo de Sines», Rádio Renascença, 7.10.2021, 16h47).

      No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, ou por dicionarizar (xantóforo e melanóforo) ou com falta de acepções (xantismo).

 

[Texto 15 546]