Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «camilha»

Não pensaram nisso

 

      Quer então dizer, Porto Editora, que se eu quiser (de facto, a todo o momento chegará a carrinha dos Correos Express) comprar uma camilha, uma cobertura para mesa redonda, sabes do que se trata. Já se eu quisesse comprar a própria mesa redonda com estrado para pôr braseira, já não saberias que também se diz camilha, é isso? Emenda-te.

 

[Texto 15 569]

Léxico: «kriptonite»

A tal incongruência

 

      «Nem com o Super-Homem, se o apanham com um naco de kriptonite, nem com o James Bond, se o apanham com uma donzela em apuros» (Gritos da Minha Dança, Fernanda Botelho. Queluz de Baixo: Editorial Presença, 2003, p. 25). É nome comum, por acaso da ficção, mas usamo-la, por isso não concebo que se não dicionarize. Até num texto de apoio da Infopédia o fui encontrar.

 

[Texto 15 568]

Léxico: «ostracodo»

E está certo

 

      «Trilobites, braquiópodes, equinodermes, bivalves, graptólitos, ostracodos, entre uma grande diversidade de organismos marinhos extintos há centenas de milhões de anos, alguns de dimensões quase microscópicas, foram recolhidos e serão agora tratados, catalogados e estudados, para posteriormente serem devolvidos ao município de Idanha-a-Nova, tendo em vista a constituição de uma coleção de referência» («Investigadores encontram fósseis com centenas de milhões de anos», Diário de Notícias, 13.10.2021, p. 21).

      «Queria pesquisar ostracino, ostracodes, ostrogodo?» Ah, não sei, no VOLP da Academia Brasileira de Letras vamos encontrar o adjectivo e substantivo ostracodo.

 

[Texto 15 567]

A profunda compreensão do AO90

Estamos lixados

 

      «Passaram-se meses sem nunca ter possibilidade de estabelecer quaisquer contatos com quem inicialmente me alertara. Por isso, e para obter mais esclarecimentos, decidi, por minha iniciativa, aprofundar os pontos essenciais desta questão, na própria Torre do Tombo» («O Expresso errou. Em defesa da honra de Pedro da Silveira», António Valdemar, Expresso, 13.10.2021, 10h26).

      António Valdemar, jornalista literário, é assim que escreve? A cada dia que passa, tenho um pouco menos de fé na humanidade.

 

[Texto 15 566]

A propósito de «pancitopenia»

Semiacabado

 

      «Os veterinários britânicos estão a receber cada vez mais casos de gatos com pancitopenia, uma condição na qual o número de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas diminui rapidamente, causando doenças graves» («Onda de mortes de gatos no Reino Unido: ração preocupa donos e veterinários», Maria Campos, Jornal de Notícias, 5.08.2021, 10h25). Uma condição...

      Pois, pancitopenia, a Porto Editora sabe do que se trata: «PATOLOGIA diminuição simultânea de todos os elementos figurados do sangue, glóbulos vermelhos (anemia), glóbulos brancos (neutropenia) e plaquetas (trombocitopenia), resultante da diminuição da sua produção, ou da sua destruição ou remoção excessiva». Não era para registar também o que são os elementos figurados do sangue? Era, mas não o faz. O pobre leitor tem de se deitar a adivinhar.

 

[Texto 15 565]