Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «betonizar | betonização»

Ninguém os pára

 

      «“As candidaturas que se apresentam à Câmara Municipal de Oeiras veem na lógica da betonização”, acusou Heloísa Apolónia, que apontou a necessidade de fixar jovens, apostar na reabilitação urbana e limitar a construção. [...] Para a candidata da CDU, “betonizar os espaços naturais é dar machadadas na qualidade de vida das populações” e, por isso, advogou a preservação do vale do Jamor e da serra de Carnaxide» («Autárquicas: Heloísa Apolónia contra betonização negociada por “reis e reizinhos” em Oeiras», Diário de Notícias, 29.09.2017, 00h21).

 

[Texto 15 653]

Definição: «graminho»

Não me parece

 

      Graminho, diz a Porto Editora, é o «instrumento de carpinteiro para traçar linhas paralelas a pequena distância das arestas das peças de madeira». A pequena distância... Será mesmo característica definidora? No sábado, vi um graminho fabuloso, feito por um artesão de nome Volodymyr, de Vizhnitz, Ucrânia, com madeira de pereira e de carvalho, com 50 centímetros, ou 20 polegadas. E, simples que é, serve para mais do que meramente traçar linhas paralelas. 

 

[Texto 15 652]

Léxico: «psila | psila-africana-dos-citrinos»

Prescindimos do científico

 

       «José Oliveira [presidente da AlgarOrange] advertiu, no entanto, que os citricultores algarvios podem vir a atravessar uma situação “bastante difícil” e estão “muito preocupados com o futuro próximo”, por causa de “pragas que estão a ameaçar” os pomares, como a da mosca da fruta ou a “trioza”» («Laranja. Produtores com medo que 'trioza' deixe pomares algarvios “de rastos”», Diário de Notícias, 4.11.2021, 16h30).

      O nome científico é Trioza erytreae, mas não vamos usá-lo — mal, como fazem os jornalistas — se temos o nome comum, psila-africana-dos-citrinos. Temos, mas não nos dicionários, que nem sequer psila acolhem.

 

[Texto 15 650]