Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «libélula-negra-do-algarve»

Agora no Algarve

 

      «Nem todas as espécies que justificam a proteção nacional que se lhes pretende atribuir são fáceis de detectar. André Pinheiro [da associação Almargem] fala, por exemplo, da presença na área da futura reserva da libélula-negra-do-algarve [Selysiothemis nigra], que apenas existe precisamente nesta zona do país e em algumas partes do Alentejo, sendo visíveis na Primavera e no Verão; ou do cágado-de-carapaça-estriada, que também por ali anda, embora não valha a pena procurá-lo nesta altura, porque está a hibernar» («“A protecção da lagoa dos Salgados vai ser o primeiro passo da luta”», Patrícia Carvalho, Público, 15.01.2022, p. 26).

 

[Texto 16 226]

Léxico: «glicante | glutamatérgico»

Os termos da ciência

 

      «Para o estudo, foi explorado um modelo de ratinho que expressa a alfa-sinucleína humana no cérebro, tendo-lhes sido administrado diretamente no cérebro um açúcar com elevado poder glicante (metilglioxal). [...] Os investigadores quiseram ir mais longe na investigação para compreender o que estava a acontecer, analisando várias áreas do cérebro dos ratinhos. Constataram que a alfa-sinucleína se encontrava mais patológica, e perceberam que ocorre o aumento de uma sinalização neuronal (glutamatérgica) [HMVM1] que pode resultar na morte de neurónios» («Estudo. Pessoas com diabetes tipo II são mais propensas a Parkinson», Rádio Renascença, 25.04.2022, 15h55).

 

[Texto 16 225]