Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «asana | ioga»

Tudo a dois

 

      Bem sei, Porto Editora, que registas ássana, cada uma das posições corporais da ioga, mas há dicionários — e bem — que acolhem asana e ássana. Estão no certo, como dizem os nossos irmãos Galegos. Mais: nunca eu atribuo o género masculino a ioga. Para mim, é sempre feminino, a ioga. Ora, tu fazes o contrário. Temos é de ver que alguns dicionários e vocabulários o registam como dos dois géneros, e são estes que acertam, pois é também o que se observa desde sempre no dia-a-dia.

 

[Texto 16 359]

Léxico: «halicina»

Uma homenagem

 

      «Com quatro exemplos, os autores de “A Era da Inteligência Artificial – E o Nosso Futuro Humano” dão-nos mais do que especulações sobre os softwares de IA que pensam e aprendem sozinhos enquanto estão a processar: o programa de xadrez AlphaZero ultrapassou tudo aquilo que seriam as capacidades humanas para pensar o jogo, de tal forma que “abalou os fundamentos” do xadrez, comentou o campeão Garry Kasparov; outro programa descobriu um novo antibiótico, a halicina (o nome vem de Hal, o computador de “2001, Odisseia no Espaço”) de uma forma que seria impossível ou improvável para a mente humana; aviões de caça pilotados por IA têm desempenhos superiores aos pilotados por humanos; e temos ainda a inteligência complexa do GPT3, porque não estamos na zona do raciocínio em linhas fechadas dos xadrezistas, mas no campo aberto do pensamento, que gera respostas em pequenos ensaios filosóficos» («IA: o novo nuclear», Vítor Matos, «Revista E»/Expresso, 27.11.2021, p. 50).

 

[Texto 16 358]

Pág. 1/67