Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «eslavofilia» e mais meia dúzia

Com que então escatofilia...

 

      «La defensa de las palabras patrimoniales, de las raíces eslavas y el rechazo a los extranjerismos se engloban en el marco de la eslavofilia, es decir, la defensa de la patria eslava y la aspiración a la unidad de todos los eslavos» (Don Quijote entre las Nieves, Enrique J. Vercher García. Madrid: Centro de Estudios Cervantinos, 2011, p. 30).

      Ena, ena, até já sabem que isto não é português. Bem, estou impressionado... Porto Editora, registas eslavófilo, mas não eslavofilia. Claro que também me causa espécie que palavras como eslavofobia, eslavofóbico, eslavófobo, eslavofonia, eslavofónico e eslavófono, por exemplo, que já andaram por dicionários e vocabulários, tenham sido, entretanto, escorraçadas.

 

[Texto 16 369]

Léxico: «mineralizante | alcalinizante»

Como não se faz

 

      «O trigo sarraceno é incrivelmente nutritivo e oferece propriedades singulares que o tornam num grande aliado contra o envelhecimento. É mineralizante e alcalinizante, reduz a fadiga e devolve a energia. Já as proteínas do trigo sarraceno inibem parcialmente a enzima que estreita os vasos sanguíneos, evitando equimoses e edemas. Como ainda tem pouca gordura, torna-se um valioso protetor do coração, rico em compostos de hidrato de carbono, que reduzem os níveis de açúcar no sangue» («Jovem e saudável. Dez alimentos que retardam o envelhecimento», Sílvia Silva, Observador, 10.02.2017, 11h27). O primeiro apenas está num dicionário bilingue; o segundo nem isso, é simplesmente empregado num verbete do Dicionário de Termos Médicos.

 

[Texto 16 368]