Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «célula T», entre outros

Então não queria

 

      «“O timo é um órgão fundamental na nossa resposta imunológica, porque é o único local do organismo onde são produzidas as células T. Tem essa função exclusiva. E sem essas células T, a nossa resposta imune fica comprometida”, começa por explicar o cientista [Nuno Alves, do i3S, no Porto]. Situado na cavidade torácica, perto do coração, o timo tem como principal tarefa realizar a maturação das células estaminais jovens produzidas na medula óssea — e transportadas pela corrente sanguínea até ao timo — transformando-os então células T (ou linfócitos T). Ora, da diversidade desse “exército” de células T produzido no timo depende então a resposta do nosso sistema imunitário face a vírus, bactérias, fungos e outros patógenos» («Descoberta de investigador português pode ajudar a rejuvenescer o sistema imunitário», Rui Frias, Diário de Notícias, 1.06.2022, p. 11). Pedir não custa nada, não é assim? Então, queria uma melhor, mais completa, definição de timo, aproveitando a informação do artigo; queria ver as células T, ou linfócitos T, no dicionário; queria que esta específica acepção de imune estivesse no dicionário.

 

[Texto 16 404]

Léxico: «alcorriolense»

Entretanto, em Alcorriol

 

      Coitados, no mapa até estão, não estão é nos dicionários: «As mais de 30 ideias em discussão foram todas identificadas e propostas pelos alcorriolenses na primeira reunião de aldeia que teve lugar no dia 19 de Março» («Alcorriol: povo quer acabar com o marasmo e construir uma comunidade viva», Torrejano, 8.04.2022).

 

[Texto 16 403]

Todas não

As necessárias

 

      Não, estão enganados: não quero todas as palavras nos dicionários. Não quero, por exemplo, sei lá... aletiómetro. Pois, mas não por ser da ficção, nisso se enganam também, antes por não ser empregada correntemente, nem na literatura, nem na imprensa, nem em conversas... Se esse uso se incrementasse, sim, propô-la-ia.

 

[Texto 16 402]

Léxico: «stressor»

Então pensemos

 

      «Nesta meta-análise, a equipa avaliou a literatura que investiga os efeitos de stressores humanos nas funções ecológicas de rios e ribeiros, compilando o conhecimento atual da investigação sobre esta temática a nível global» («Ação humana afeta severamente rios e ribeiros à escala global», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 1.062022, 11h28). Não está no dicionário da Porto Editora. Pensemos. Se regista estressor e diz que é usada no Brasil, também tem de a registar com a grafia stressor, porque, a par de estresse, também no Brasil, acolhe stresse, usada em Portugal.

 

[Texto 16 401]

Léxico: «capisondo | cabisondo»

Vão desaparecendo

 

      «O nautarel, com todos os mais capisondos da alfândega, temendo serem por isso castigados a suspensos de seus ofícios, acederam a seu requerimento, porém com condição de que já que nós não queríamos pagar mais que dez por cento, pagassem eles mais cinco, para que el-rei ficasse com menos direitos, de que todos foram contentes» (Peregrinação, Vol. 1, Fernão Mendes Pinto. Lisboa: Edições Afrodite, 1971, p. 161). Nautarel não digo (apesar de figurar no mesmo contexto), mas qual o português minimamente lido que nunca tropeçou em capisondo, há algum?

 

[Texto 16 400]

Léxico: «microvaso»

De outra dimensão

 

      «“Antes de terem lesões cerebrais, demência vascular e AVC já começam [doentes hipertensos e diabéticos] a ter a ligação entre neurónios e microvasos sanguíneos mais preguiçosa, mais lenta e menos intensa”, disse quarta-feira à Lusa uma das coordenadoras do estudo que a equipa da FMUP levou a cabo em articulação com investigadores da Northwestern University Feinberg School of Medicine de Chicago, nos EUA, Elsa Azevedo» («Ligação “mais lenta” entre neurónios e microvasos sanguíneos em hipertensos, revela estudo», Observador, 31.03.2022, 1h34).

 

[Texto 16 399]

Túlipas e chanceleres

Mais um caso estranho

 

      Na quarta-feira, entrevistado na Antena 1, Manuel João Ramos usou a palavra túlipa e proferiu-a — e muito bem, porque é preferível — como esdrúxula. Estranhamente, na mesmíssima Antena 1 alguns, e não são poucos, profissionais, mesmo os mais tarimbados, também proferem a palavra chanceler como esdrúxula. Isto é normal? Qual a dificuldade? Não ouvem os outros falantes? Não lêem, não consultam dicionários?

 

[Texto 16 398]

Léxico: «autodepuração | autodepurativo»

Ainda sobre rios

 

      «Neste estudo, publicado na revista científica Global Change Biology, foram avaliados, pela primeira vez, os efeitos de diferentes impactos humanos em várias funções dos rios e ribeiros (como capacidade de autodepuração, decomposição de matéria vegetal, produção de organismos aquáticos) à escala global com base em evidência científica publicada, visando compreender quais os impactos com efeitos mais fortes e quais as funções ecossistémicas mais sensíveis» («Ação humana afeta severamente rios e ribeiros à escala global», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 1.06.2022, 11h28, itálico meu).

 

[Texto 16 397]