Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

«Andorrenho»?

Para esquecer

 

       «O Presidente da República garantiu ontem que Portugal vai apoiar Andorra na assinatura de um tratado bilateral com a UE, considerando que os 27 ganham “em integrar mais” o principado. Interpelado por um jornalista andorrenho sobre a assinatura de um tratado bilateral entre o principado e a União Europeia e se o Estado português tenciona apoiar a pretensão de Andorra, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu “claro”» («Portugal vai apoiar Andorra», Jornal da Madeira, 13.06.2022, p. 17). Não sei onde foram buscar isto, mas esqueçam-no depressa. Usem as verdadeiras alternativas, as variantes.

 

[Texto 16 478]

Léxico: «aruilense»

Agora aqui mais perto

 

      Este fim-de-semana, realiza-se a 4.ª edição da Agroaruil, uma feira agrícola da região saloia de Sintra, mais concretamente na localidade de Aruil, pertencente à União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar. A organizadora do certame é a Sociedade Recreativa e Desportiva Aruilense.

 

[Texto 16 477]

Léxico: «canto do cisne» e muitos outros

Todos os cantos

 

      Porto Editora, há tantos cantos, porque registas apenas canto da sereia e canto gregoriano? Então, por exemplo, entre muitos outros, o tão conhecido canto do cisne? A propósito, Virgílio (desistam de querer impor Vergílio, não insistam com Pompeios — por alguma razão prevaleceram, e não somente na nossa língua, as formas que usamos) é o Cisne de Mântua, não o cisne de Mântua. Já por aqui expliquei porquê.

 

[Texto 16 476]