Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «litografia | lipófilo | lipofilia»

Mais do que a pedra

 

      «Mas o que é uma litografia? Sabem? Para aqueles que o ignoram, uma litografia é um sistema que permite reproduzir mecanicamente desenhos que foram realizados a lápis e tintas especiais sobre uma pedra ou chapa de zinco. Graças a esta técnica, que aprendi no ateliê do impressor francês Fernand Mourlot, a obra de arte deixou de ser um objecto elitista ao alcance de poucos e popularizou-se, pois o preço de uma reprodução litográfica é muito inferior ao de um original» (Chamo-me... Picasso, Eva Bargalló e Violeta Monreal. Tradução de Filipa Blanc de Sousa. Lisboa: Didáctica Editora, 2008, 2.ª ed., p. 50). Sabes, Porto Editora? Vá, então responde: «desenho ou escrito feito numa substância gorda, sobre uma pedra, para reproduzir em papel». Ah, não sejas tão literal... Estou a ver: lito-, logo, na pedra. A verdade é que tanto pode ser sobre uma pedra como sobre uma chapa de metal. A propósito, tens de dicionarizar também, já verás porquê, o vocábulo lipófilo.

 

[Texto 16 523]

Léxico: «pangramático | pantogramático | tautogramático»

Então são três

 

      Está bem, Porto Editora, conheces o artifício lipogramático, mas vejo que a escrita pangramática te é completamente desconhecida. Prometes tratar do caso? Ah, sim, acolhes pantograma — mas não pantogramático. Mais? Em francês, os versos pangramáticos chamam-se vers lettrisés. Espera, também vejo que te falta o adjectivo tautogramático.

 

[Texto 16 521]

Mecos e frades

Se é assim

 

      «Ao perceber que estava a ser perseguido, o cadastrado tentou fugir, mas pouco depois embateu com o automóvel nuns mecos de betão colocados na Avenida Sacadura Cabral. Com a viatura imobilizada, começou a correr na via pública» («Rei dos catalisadores volta a ser preso em carro furtado», Alexandre Panda e Roberto Bessa Moreira, Jornal de Notícias, 23.06.2022, p. 17).

      Creio que este meco se utiliza lá mais para cima. Toda a vida ouvi e usei o termo frade, assim definido pela Porto Editora: «marco de pedra; por extensão, pilarete, de pedra ou metal, que é fixado em passeios públicos e em certos acessos que devem permanecer desobstaculizados (hospitais, monumentos, etc.) para impedir o estacionamento de veículos». Se meco é ± frade, devia haver uma remissão mútua.

 

[Texto 16 519]

Definição: «enzootia»

Rigorosamente, não

 

      «Enzootia: doença de animais que é habitual na mesma região como Monkeypox em macacos em África, tendo roedores como reservatório» («Epidemias», Francisco George, Diário de Notícias, 22.06.2022, p. 15). Ora ainda bem que fala nisso: para a Porto Editora, parece que pode atingir, indiferentemente, formigas e bois ao mesmo tempo: «VETERINÁRIA doença que, em certas regiões e em determinadas épocas, ataca os animais». O que não percebo é o uso de Monkeypox no texto do ex-director-geral da Saúde. Aqui e em toda a imprensa portuguesa. Uma doença. Macacos. Imitação.

 

[Texto 16 518]