Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «drepanocítico»

Ficam em «drepanócito»

 

       «Anemia das células falciforme ou anemia drepanocítica, como também é conhecida, é uma doença hereditária que causa alteração no formato dos glóbulos vermelhos, que, em vez de terem a forma de um disco, ficam semelhantes a uma foice ou meia-lua» («Falciformação atinge cerca de 2% da população angolana», Alexa Sonhi, Jornal de Angola, 19.06.2022, p. 8).

 

[Texto 16 528]

Léxico: «falciformação»

Não passam de «falciforme»

 

      «Cerca de dois por cento da população angolana sofre de anemia de células falciforme (hemoglobina SS) e outros 20% são portadores do problema (hemoglobina AS), segundo um estudo desenvolvido por especialistas do Hospital Pediátrico David Bernardino, entre 2011 e 2020» («Falciformação atinge cerca de 2% da população angolana», Alexa Sonhi, Jornal de Angola, 19.06.2022, p. 8).

 

[Texto 16 527]

Léxico: «nasserismo | nasserista»

Marcou uma época

 

      «A criação do Estado de Israel em 1948 alimenta um pan-arabismo de causa justa que vê o seu auge nas décadas de 50/60. O nasserismo egípcio dá-lhe um rosto e projeta-lhe um devir socialista. A luta pela Palestina, no contexto da Guerra Fria, apreciava bom vinho e tinha na crescente paridade homem-mulher uma das suas forças» («A transformação do terrorismo: uma história de décadas», Raúl M. Braga Pires, Diário de Notícias, 12.09.2021, 00h09).

 

[Texto 16 526]

Léxico: «cafeína | teína»

Em nada diferentes, afinal

 

       A teína, afirma o dicionário da Porto Editora, é o «princípio activo do chá que, tal como a cafeína, pode funcionar como estimulante». Isto é mesmo assim ou não passa de conversa de café? Trata-se mesmo de dois alcalóides diferentes? E se deixássemos a mesmíssima Porto Editora responder com um texto de apoio sobre a cafeína? Força: «A cafeína, também conhecida por teína ou 1,3,7-trimetilxantina, etc.» Respondido? Agora é preciso agir em conformidade. Mas explico mais: quis-se, um pouco escusadamente, diferenciar a cafeína presente no café (e no cacau, etc.) da cafeína presente no chá. Um pouco como aterrar para Terra, alunar para Lua, amartar para Marte, e por aí fora — não digo até à loucura porque isto já é loucura. Alguém tem de ter juízo no meio disto tudo.

 

[Texto 16 525]