Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «pneumatologista | joaquimita»

Critérios e variantes

 

      «Muitos dos investigadores, académicos e curiosos que, a nível nacional, se têm interessado pelo fenómeno não são propriamente pneumatologistas, antes aproximando-se dele por razões esotéricas, se não ocultistas. É frequente vê-lo cruzado com outros sinais do milenarismo joaquimista, do messianismo judaico às chamadas profecias portuguesas, incluindo ‘milagre de Ourique’, as “Trovas de Bandarra” ou o próprio ‘Quinto Império’, proposto pelo pe. António Vieira (e professado por Pessoa)» («As ilhas da utopia», Joel Neto, «Revista E»/Expresso, 3.06.2022, p. 27).

      Vá-se lá perceber o critério no uso das aspas... E a abreviatura de «padre»? Aprendizes de feiticeiro. Ah, sim, no que respeita a pontuação e ortografia, quando não gramática, nem todos lá chegam. E correcto não é joaquimita? Convenho que se usam ambas as formas. Bem, seja como for, a Porto Editora não acolhe nenhuma das formas.

 

[Texto 16 583]

Definição: «rodeão»

Pois, não sei

 

      «Outros bons conselheiros são os cozinheiros. Se repetir a mesma pergunta, sobre a posta, a Lídia Brás, mirandesa de gema, chefe no Stramuntana, em Gaia, ela vai surpreendê-lo: “Não há como o rodeão. ” O rodeão é uma espécie de entremeada bovina, da barriga» («O pecado da carne», Ricardo Dias Felner, «Revista E»/Expresso, 17.06.2022, p. 21).

      Estará o dicionário da Porto Editora a dizer-nos o mesmo quando afirma que o rodeão é a «carne entre as costelas de novilho ou vitela; rodilhão»?

 

[Texto 16 582]

Léxico: «erva | haxixe»

Ah, a etimologia...

 

      Erva ou haxixe? «A erva é a folha seca da planta, considerada a parte mais saudável e a mais fraca. O haxixe vem da resina, que depois é seca e prensada. É bastante mais forte. Os diferentes tipos de haxixe (afegão, marroquino, libanês, etc.) relacionam-se com a forma como são extraídos e que tem implicações na qualidade e concentração de THC» («Canábis. Mudam-se os tempos, aceitam-se as vontades», Luísa Oliveira, Visão, 16.06.2022, p. 34).

      Vamos apurar definições. Erva, para o dicionário da Porto Editora, é o termo da gíria para a «droga preparada a partir das flores, folhas e/ou ramos secos do cânhamo, que se consome como o tabaco, sendo também conhecida por liamba, maconha, marijuana, pango, etc.». Já haxixe, para este dicionário, é «1. BOTÂNICA variedade de cânhamo de que se fumam ou mascam as folhas secas; 2. estupefaciente feito da resina deste vegetal». Não vejo estes dois sentidos em dicionários de outras línguas. Quanto à etimologia de haxixe, a Porto Editora diz que vem «do árabe haxix, “idem”». O idem na etimologia dos dicionários é muitíssimo enganador. Eu evitá-lo-ia. O DRAE, por seu lado, diz que vem «del ár. clás. ḥašīš ‘hierba’».

 

[Texto 16 581]