Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «eviscerado | eviscerador»

Addetto all’eviscerazione

 

      «O espadarte encontrava-se “congelado, eviscerado e descabeçado”, pelo que a apreensão da GNR foi substituída pelo pagamento de uma caução de 450 mil euros» («GNR apreendeu mais de 25 toneladas de espadarte em Viana do Castelo», Observador, 7.03.2022, 18h37). Em eviscerado, Porto Editora, apenas remetes para eviscerar, mas, como adjectivo, não pode ser assim. E, pelo que vejo, eviscerador não conheces.

 

[Texto 16 621]

Léxico: «Roingas», de novo

Para completar

 

      Dizes, Porto Editora, que os Roingas são um «povo muçulmano presente sobretudo no oeste de Myanmar». Pode dizer-se um pouco mais (e, de caminho, corrigir alguma coisa). Proponho: «povo de etnia bengali e fé muçulmana presente sobretudo no Oeste de Mianmar».

 

[Texto 16 620]

Léxico: «hidrocraqueamento | hidrocraquear»

Afinal, temos termo para isto

 

      «Portugal deixou de importar gasóleo russo quando a Galp instalou uma unidade de hidrocracking na refinaria de Sines que teve como principal objetivo de aumentar a produção nacional de diesel. No entanto, continuou a comprar grandes quantidades de um produto intermédio, o VGO (gasóleo de vácuo) fundamental para a produção do gasóleo rodoviário» («Racionamento de gasóleo? Galp garante que tem capacidade para abastecer mercado nacional», Ana Suspiro, Observador, 23.03.2022, 13h41). «Em simultâneo, a empresa começou esta semana uma operação de manutenção da unidade de hidrocraqueamento de gasóleo pesado (Hydrocracker), que deverá durar 20 dias» («Paragem em Sines vai custar até 10 milhões à Galp», Ana Sanlez, Jornal de Negócios, 25.10.2021, 16h35).

 

[Texto 16 619]