Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Definição: «hemofilia»

Ficaria melhor

 

      «Uma terapia “inovadora”, testada no Reino Unido, está a restituir a esperança aos doentes portadores de Hemofilia B. Trata-se de uma forma de hemofilia que se carateriza por hemorragias espontâneas ou um prolongado sangramento, devido a uma deficiência no fator IX, aquele que integra o mecanismo responsável pela coagulação sanguínea no corpo humano. [...] Elliott nasceu sem que o seu organismo conseguisse produzir o suficiente desta proteína (fator IX), crucial para a coagulação do sangue. [...] Apesar de tudo, Elliott conseguiu manter-se saudável, tendo em conta os danos que esta doença provoca, nomeadamente ao nível das articulações» («Terapia genética “inovadora” pode curar doentes hemofílicos», Rosário Silva, Rádio Renascença, 21.07.2022, 14h42).

      A definição de hemofilia no dicionário da Porto Editora está muito bem, mas pode, evidentemente, vir a estar melhor. Assim, proponho as seguintes alterações cirúrgicas: «MEDICINA doença hereditária associada ao cromossoma X, que pode ter diferentes níveis de gravidade (ligeira, moderada e grave), afecta quase exclusivamente indivíduos do sexo masculino (sendo geralmente transmitida de forma recessiva por via materna) e é caracterizada por problemas de coagulação do sangue e consequente propensão para hemorragias.» Não deixaria, porém, de referir a artropatia hemofílica, pela gravidade de que se reveste. Nos tipos de hemofilia (A e B), elucidaria: «factor de coagulação VIII, uma proteína».

 

[Texto 16 666]

Léxico: «bico-de-sapato | cegonha-bico-de-sapato»

É o que parece

 

      «Chama-se Abou e é uma ave da espécie Balaeniceps rex, também conhecida por bico-de-sapato, pela forma característica desse mesmo bico. A fêmea, de 14 anos, foi criada num jardim zoológico belga, o Pairi Daiza, e mudou-se para o Exmoor Zoo, em Inglaterra, ao abrigo de um programa de reprodução, uma vez que a sua espécie se encontra em vias de extinção» («Ave rara em vias de extinção continua à espera do amor para salvar a espécie», Paulo Santana Pena, Pets in Town, 13.07.2022, 9h30, itálicos meus).

 

[Texto 16 665]