Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «borboleta-monarca | algodoeiro-falso»

Dizer mais

 

      «La mariposa monarca migratoria (Danaus plexippus plexippus) es conocida por su espectacular viaje anual de más de 4.000 kilómetros desde Estados Unidos y Canadá a los criaderos de México, un impresionante periplo que ha hecho famosa a la especie» («La mariposa monarca, en peligro de extinción», E. Sánchez e T. de Miguel, El País, 22.07.2022, p. 23).

      Na verdade, esta é uma das duas subespécies — Danaus plexippus plexippus e Danaus plexippus erippus. Sendo apenas duas, os nossos dicionários deviam indicá-las. Mas pode fazer-se mais em relação à borboleta-monarca. Por exemplo, registar-se o nome da planta hospedeira desta borboleta, o algodoeiro-falso (Gomphocarpus fruticosus), que existe no Algarve e no Alentejo, nativa da África do Sul e da família das Apocináceas.

 

[Texto 16 673]

Léxico: «sarapilheira | sarrapilheira | serrapilheira»

Muito por onde escolher

 

      «E diante dos seus olhos está um fardo de sarapilheira no prato da balança do armazém» (Elói: ou, Romance numa Cabeça, João Gaspar Simões. Coimbra: Coimbra Editora, 1941, p. 146).

      Há cinco formas, as três que indico acima mais as únicas que o dicionário da Porto Editora acolhe — serapilheira e zarapilheira. São, portanto, ignorantes os que criticam — como tive a infelicidade de assistir na sexta-feira — o uso de qualquer uma das variantes apenas por ser menos conhecida.

 

[Texto 16 672]

Léxico: «debênture»

Um saltinho ao Brasil

 

      «O Ministério da Economia recebeu a sinalização de que, na volta do recesso parlamentar, em agosto, o Congresso deverá aprovar projeto para isentar o Imposto de Renda das aplicações de investidores não residentes no Brasil na compra de títulos (debêntures) emitidos por empresas no País» («Projeto prevê zerar IR na compra na compra de debêntures por não residentes no País», Adriana Fernandes, O Estado de S. Paulo, 20.07.2022, p. B5).

 

[Texto 16 671]

Léxico: «ex situ»

Muito perto

 

      «Foi devido a esta situação crítica da espécie que se iniciou o Plano de Emergência para a Recuperação do Tartaranhão-caçador em Portugal, coordenado pelo ICNF. O objetivo é evitar a extinção desta espécie em Portugal, através da incubação ex-situ (fora do meio natural) dos ovos para assegurar a sua sobrevivência e aumentar o número de juvenis que ingressam na população em meio selvagem» («Espécie de ave em risco devolvida à vida selvagem no Alentejo», Guilherme Lopes, Jornal de Notícias, 20.07.2022, 20h55).

      Quase acertava: ex situ. Já tenho ali um ninho preparado para a locução: o Dicionário de Locuções Latinas e Expressões Estrangeiras, da Porto Editora.

 

[Texto 16 670]