Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Definição: «nascente | poço | furo»

Vamos apurar definições

 

      «“Captamos a água subterrânea de três maneiras”, explica João Nascimento [engenheiro de Recursos Hídricos do Instituto Superior Técnico e especialista em hidrogeologia e águas subterrâneas]. “Temos as nascentes, que são água subterrânea que surge à superfície; temos os poços, que são as captações tradicionais; e, a partir dos anos 1960/70, com base na tecnologia dos petróleos, começámos a desenvolver furos, que são captações mais estreitas, mas de grande profundidade” que, na zona onde nos encontramos, atinge os 250/300 metros» («Temos “Alquevas debaixo dos pés” e ainda não sabemos como os usar», Alexandra Prado Coelho, «P2»/Público, 22.05.2022, p. 9).

      Nos dicionários, estarão as definições destes termos totalmente bem? Nem por isso. A Porto Editora, por exemplo, de furo diz que é a «abertura efectuada no solo para extrair água para a rega». (Se a Porto Editora tivesse um número de emergência — ou um endereço electrónico, nos tempos que correm —, avisava-a do erro ali nas «palavras mais vistas» — «expôr»! Assim, nada feito.)

 

[Texto 16 688]