Como se escreve nos jornais

Sonicamente

 

 

      «Ainda não escapámos ao feitiço de Wit’s End, o álbum emocional e sonicamente mais poderoso que ouviremos neste e em muitos anos, e já Cass McCombs lhe dá sequência com uma nova colecção de canções» («Cass McCombs», Mário Lopes, «P2»/Público, 14.12.2011, p. 10).

      Fez-me lembrar outro «sonicamente»: «O vocabulário de Valdez ensina a pronunciar Nors-ori; Walker e Smart mandam pronunciar Nurse-ry; o snr. Conceição quer que sonicamente se diga Nersery. Elle de idiomas percebe. No francez é o que se sabe; no inglez é o que se vê; no portuguez, quando souber declinar os pronomes reciprocos, está prompto» (Boémia do Espírito, Camilo Castelo Branco. Porto: Livraria Civilização, 1886, p. 432).

 

[Texto 823]

Helder Guégués às 21:37 | favorito
Etiquetas: