Sobre «pesqueiro»

Hã?

 

 

    «O pesqueiro marroquino é marginal no contexto da actividade em Portugal. Representa 1500 toneladas num sector que, em 2010, foi responsável por descargas de 200 mil toneladas. Portugal dispunha de 14 licenças para barcos da pesca artesanal polivalente, que eram normalmente utilizadas por embarcações do Algarve» («Pesqueiro valia muito pouco para a frota portuguesa», J. M. R., Público, 16.12.2011, p. 26).

    Desconheço e não encontro esta acepção em nenhum dicionário ou vocabulário. Perguntem aí a J. M. R., se fazem favor.

 

[Texto 835]

Helder Guégués às 13:45 | favorito
Etiquetas: