Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

Ovos de borda dourada

Como os sonhos

 

 

      «Comem-se ovos fritos em todo o mundo. Em Portugal, vão bem sozinhos, com batatas ou a cavalo num bife. Em Espanha é mais ou menos igual, se bem que os espanhóis apreciem muito as puntillas, que é quando a clara fica queimada à volta» («Vamos estrelar um ovo?», Teresa Resende, Visão Júnior, n.º 89, Outubro de 2011, p. 51).

      É verdade, puntillas. Como eu também prefiro. Sim, os Espanhóis distinguem os fritos a la francesa, a la española e abuñuelados. É nestes que se encaixam os que têm puntillas, que aparecem sempre que a gordura e a temperatura são excessivas. Que se encaixam... Pois puntilla é o encaje, a «renda», isto é, a obra de malha feita com fios de linha, seda, ouro, etc., ou, como é o caso, algo semelhante. A borda dourada ou torrada, como escreveu Pedro Nava num poema: «Os ovos bem estrelados/ eram torrados na borda,/ a clara cozida em torno/, a gema de ouro vermelho/ coberta de fina bruma,/ quem fazia iguais aos seus?»

 

[Texto 949]