«Tratar-se de»

Intratáveis

 

 

      «O PÚBLICO contactou José Sócrates, que não se quis pronunciar. Já Luís Miguel Viana afirmou que se tratam de “afirmações mentirosas, caluniosas e difamatórias”, acrescentando: “A confirmarem-se, irei proceder judicialmente”» («José Manuel Fernandes acusa José Sócrates de contratar cobertura noticiosa especial da Lusa», Maria Lopes, Público, 18.01.2012, p. 8).

      Maria, Maria, que desgosto! Então não é «que se trata» que se diz? Nunca leu nada sobre isto? Não lhe ensinaram?

 

[Texto 974]

Helder Guégués às 10:45 | comentar | favorito
Etiquetas: