Como se escreve nas revistas

«Caso acompanhe a queixa»?

 

 

      O empresário António Ferreira, marido da fadista Mariza, apresentou queixa-crime contra um administrador da empresa Plurijogos, da qual é sócio. «Caso o Ministério Público angolano acompanhe a queixa, está prevista uma pena de prisão entre dois a oito anos ou, em alternativa, “degredo temporário”» («Marido de Mariza apresenta queixa por falsificação», Sábado, n.º 402, p. 18).

 

[Texto 999]

Helder Guégués às 12:52 | comentar | favorito
Etiquetas: