Proeminente ≠ preeminente

1001

 

 

      «Em poucos anos, [Eugen Sandow] ganhava 150 libras por semana num teatro de Leicester Square, com figuras proeminentes a quererem falar com ele e ladies vitorianas a testá-lo com murros nos peitorais definidos, nos bastidores» («O primeiro Schwarzenegger», Ricardo Dias Felner, Sábado, n.º 402, p. 75).

     Proeminentes, só se fossem os narizes ou aqueles incríveis chapéus, os mais farfalhudos, que as vitorianas usavam.

 

[Texto 1001]

Helder Guégués às 16:47 | favorito
Etiquetas: