«Fãs incondicionais»

Não me condiciones

 

 

      Rosa Veloso, ontem, de Madrid: «José Mourinho raramente sai de casa fora das deslocações do futebol. Ontem à noite, abriu uma das poucas excepções, melhor, a única em mais de ano e meio que vive em Madrid. Ele e a mulher, fãs incondicionáveis da actriz Eunice Muñoz, foram vê-la na peça onde contracenou com Maria José Paschoal, O Cerco a Leningrado, no Teatro Belas-Artes.»

      Não é assim, cara Rosa Veloso. Incondicional, isto é, que não está sujeito a qualquer condição ou restrição. E quem diz «fã», é claro, diz «sequaz», «adepto», «partidário»: «Modesto servo de Deus, partidário incondicional do coronel, modelo de fé cristã e de civismo grapiúna, padre Afonso pecava pela gula, comia por um regimento» (Tocaia Grande, Jorge Amado. São Paulo: Companhia das Letras, 2008, p. 46).

 

 

[Texto 1041] 

Helder Guégués às 09:17 | comentar | favorito
Etiquetas: