Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Corpus» oral

Estamos quase lá

 

 

      Da entrada de hoje do Ciberdúvidas: «Já fazia falta um dicionário com entradas áudio, como o Macmillan online. Perguntas que nos chegam sobre a pronúncia em português europeu de palavras tão frequentes como rosa, prestação, rubrica, espetador, caracterizar, subsídios, icebergue, beisebol, coeficiente, enredo, retórica, etc., etc., ficavam respondidas num abrir e fechar de olhos, ou seja, num clique. Está lançado o repto ao ILTEC.»

      Já fazia falta um dicionário com entradas de áudio? Mas já tínhamos outros... Quanto ao repto ao ILTEC, bem, já tem um corpus oral, e a ferramenta, o Spock, o que no Ciberdúvidas sabem, pois a hiperligação remete para ali. Hão-de querer dizer que o ILTEC devia alargar o corpus oral. Podia. Devia. Entretanto, devia também corrigir algumas das transcrições e, quando o contexto é demasiado pequeno, alargá-lo, para tornar perceptível o vocábulo pesquisado. O conceito é muito melhor do que o da Forvo, pois são dadas pronúncias em contexto real, não condicionado.

 

[Texto 1042]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.