Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Mais pontos de bordado

Fora dos dicionários

 

      «“Posso dizer que aprendi a bordar na Casa do Povo de Câmara de Lobos”, afirma [Daiana Paul] com orgulho. Ponto francês, matiz, caseado, garanitos, ponto de pau, arrendado, ilhó grego, bastidos e ponto chã são os pontos que já domina» («Ainda há quem se aventure a bordar», Iolanda Chaves, Jornal da Madeira, 26.11.2018, p. 10).

 

[Texto 10 357]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.