Caracteres especiais

E muito bem

 

 

      «No campo, perto de Budapeste, a equipa de Susanne Åkesson, da Universidade de Lund, na Suécia, criou quatro modelos de cavalos, cada um pintado de castanho, preto, branco e com riscas pretas e brancas. “Pusemos uma cola especial nos modelos e depois contámos o número de moscas atraídas por cada um”, disse Åkesson à BBC» («Zebras têm riscas pretas e brancas para se protegerem de picadelas de insectos», Público, 10.02.2012, p. 21).

      Como sempre defendi, tenho mesmo textos no Assim Mesmo sobre o assunto, eis que os jornais começaram a usar de forma sistemática os caracteres especiais de certas línguas, como é o caso do å.

 

[Texto 1089]

Helder Guégués às 20:41 | favorito
Etiquetas: