Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«8 p. 100»

Esta é nova

 

 

      Comecei a ler Portugal, o Mediterrâneo e o Atlântico, de Orlando Ribeiro, na 6.ª edição, de 1991, da Livraria Sá da Costa Editora. Lembrei-me do que escreveu aqui Montexto sobre o géografo: «Aproveitemos igualmente nós pelos cabelos esta oportunidade, mas de dizer bem — tão difícil, de rara, — para saudar em Orlando Ribeiro um cientista que era também um óptimo escritor, que se lê melhor e com mais proveito do que muitos da chamada literatura amena. Um prazer lembrar aqui o título Portugal, o Mediterrâneo e o Atlântico.» Logo nas primeiras vinte linhas, vi algo que nunca antes vira: «A sua gente representa cerca de 250 milhões, apenas 8 p. 100 da humanidade em 1,5 p. 100 da superfície emersa do Globo» (p. 1). Caro Fernando Ferreira, já conhecia esta notação?

 

[Texto 1156]

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 29.02.2012 11:16

    Não sei dizer. Sei é que a 6.ª edição foi revista e ampliada, conforme se lê na folha de rosto. Não concebo que a revivificada notação tenha sido da lavra dos editores. 
  • Sem imagem de perfil

    Fernando Ferreira 29.02.2012 13:28

    Seria interessante averiguar em que altura, entre a 1.ª e a 6.ª edição, se deu a mudança. Como, na 1.ª edição, é usado sempre o símbolo % de percentagem mas nunca o ‰ de permilagem (quando são referidas taxas de natalidade ou mortalidade), uma explicação poderia ser a procura de uniformidade. A verdade é que muito poucas pessoas conhecem o símbolo de permilagem (e já encontrei quem, em reuniões de condomínio, usasse o termo sem saber sequer o que significava). Esta explicação parece-me plausível tendo em conta as próprias palavras do autor:  «E desejava não ter de todo faltado ao propósito de escrever umas páginas que, guardando embora o devido rigor científico, pudessem ser lidas por qualquer pessoa simplesmente curiosa destes assuntos.»

  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 29.02.2012 15:00

    Será relativamente fácil comprová-lo. É também provável que a alteração tenha sido introduzida nesta edição, a 6.ª, precisamente por ser revista e ampliada — porventura a única a sê-lo.
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.