Fazer: verbo vicário

Como «vigário», outro substituto

 

 

      «“Peço-vos que me encomendeis muito a ela. Levantou o enfêrmo as mãos, e com grande segurança prometeu que o faria.” (Hist. de S. Dom., part. I, liv. II, capítulo XXII).

      O frade historiador empregou aqui o verbo fazer para evitar a repetição de outro verbo. Chama-se ao verbo fazer, assim usado, verbo vicário. Pudera tambêm chamar-se-lhe verbo supletório» (Fatos da Língua Portuguesa, Mário Barreto. Rio de Janeiro: Presença Edições, 3.ª ed., facsimilada, 1982, p. 219). Vicário quer dizer substituto. Ainda recentemente empreguei aqui no blogue o verbo fazer desta forma.

 

 

[Texto 1208]

Helder Guégués às 16:54 | favorito
Etiquetas: