Última e átona: cai

Comem tudo

 

 

      Do Caixodré já toda a gente ouviu falar. Alguns até da Rua do Clolé. Do Cam Pequeno é que nem todos têm notícia. Numa «pilhéria linguística», o padre Américo F. Alves conta que uma equipa de futebol espanhola veio a Lisboa jogar com um clube português. Quando quiseram saber onde era o jogo, responderem-lhes: «O jogo é no Cam Pequeno!» Em Espanha, contaram e escreveram depois que tinham jogado no Perro Pequeño... «Se a última sílaba fosse pão, raros teriam fome em Portugal, porque muitos a comem...», remata o autor.

 

[Texto 1301] 

Helder Guégués às 19:14 | comentar | favorito
Etiquetas: