Como se fala na rádio

Oh molher illustre!

 

 

      «A resposta correcta é “igual”, “semelhante”. Ora, este elemento de formação, homo-, que provém do grego homós, que significava originalmente “o mesmo”, “igual”, “semelhante”, suscita muitas dúvidas, porque, na palavra “homossexual”, muita gente pode pensar, eventualmente pode pensar, que “homo” diz respeito a homem. Ora, “homem” vem do grego anthropo. Anthropo, anthropo é que significa “homem”» (Jogo da Língua, Sandra Duarte Tavares, Antena 1, 12.05.2011). 

      Pobres alunos, pobres ouvintes. Se pudéssemos esquecer o disparate da etimologia do vocábulo «homem», lapso, decerto, afirmaríamos que o grego ainda saiu mais maltratado desta «carónica» radiofónica. Quanto ao resto, sim, há muitas confusões, e eu próprio já ouvi uma senhora idosa, avó de uma procuradora adjunta, dizer convictamente «homem sexual».

 

 

[Texto 13]

 

Helder Guégués às 21:55 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: