Ortografia: «ecléctico»

Pode entrar por aqui

 

 

      «Hirst é um artista eclético, mas a sua imagem de marca serão sempre os armários cheios de material médico, os animais guardados em aquários de formol e as caveiras. Muitas vezes a sensação que se tem é a de se estar num museu natural: efeito procurado pelo artista como forma de tornar a sua arte mais eficaz, de evitar, como declarou numa entrevista a Hans Ulrich Obrist, ir simplesmente para cima de um sofá» («O corpo visceral de Hirst», Nuno Crespo, «Ípsilon»/Público, 6.04.2012, p. 12).

      Já pensaram que o nefando acordo pode entrar por aqui? Ah, pois. É raríssimo ver bem escrito o vocábulo «ecléctico». Que mais se pode dizer? Que o articulem bem: o e vale i — /icléctico/.

 

[Texto 1324]

Helder Guégués às 10:07 | favorito
Etiquetas: