«Para acabar com o trauma»

P’rtuguês light

 

 

      Segundo Teresa R. Cadete, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, «para acabar com o trauma, esse real, de confrontação diária com um p’rtuguês light inconsequente e descaracterizado, só existe um caminho coerente: o de exigir a revogação do AO assinando a petição através do link http://ilcao.cedilha.net/. Porque o AO só se tornará num facto consumado se não houver um número significativo de cidadãos que se dêem a esse ínfimo trabalho.

      Não quero terminar sem uma nota de solidariedade para todos aqueles que se vêem profissionalmente coagidos a aplicar o AO. Na verdadeira política, a que parte dos indivíduos pensantes em interacção, não há receitas. Deixo aqui a minha homenagem a essas pessoas que têm um caminho mais difícil para organizar formas de resistência a uma medida injusta, autoritária e irracional — porque é essa via que fará História, mas que também só se fará caminhando» («A desmontagem do “facto consumado”», Público, 8.04.2012, p. 54).

 

[Texto 1336] 

Helder Guégués às 12:03 | favorito
Etiquetas: