Ler o jornal como TPC

Era bom, era

 

 

      «Para o pedopsiquiatra Eduardo Sá [,] ir ao supermercado, verificar o talão e o troco, pode ser “fantástico” [como TPC]. O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, Albino Almeida, frisa que há muito que na Finlândia os TPC passam por ler o jornal. “Não é a brutalidade dos TPC com que os nossos alunos vêm para casa. Às 23h os pais ainda estão a empurrar a sopa de um lado e os TPC do outro”» («Ver o telejornal pode ser um TPC?», Maria João Lopes, Público, 8.04.2012, p. 17).

      Era bom, era, mas isso só é possível quando o ensino é tão bom, que dispensa os trabalhos para casa, quase sempre vistos como um castigo.

 

[Texto 1338]

Helder Guégués às 13:16 | comentar | favorito
Etiquetas: