Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Pesquisa cursiva»

Igualmente intenso

 

 

      «Uma pesquisa cursiva pela actual e anteriores composições mostra-nos que até agora fizeram parte do Tribunal Constitucional 21 juízes de carreira: 13 pertenciam aos tribunais supremos, cinco eram juízes-desembargadores e os restantes três eram juízes de Direito com mais de 20 anos de carreira. Mais do que compreensível, é necessário. Neste caso, indicando Conde Rodrigues, o PS propõe quem tem só ano e meio de funções no tribunal administrativo de primeira instância» («Duas bizarras escolhas», Pedro Lomba, Público, 17.04.2012, p. 48).

      Vê-se que Pedro Lomba gosta da língua — mas amor é cuidado, e no uso que dela faz nota-se, mais uma infausta vez, grave descuido. O que é uma «pesquisa cursiva»? Qualquer coisa mais obscura do que a «restituição intensa» do primeiro-ministro.

 

[Texto 1378]

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 17.04.2012 13:07

    Parece a versão pseudoculta da expressão «a correr». Um trabalho feito a correr, uma pesquisa feita a correr.
  • Sem imagem de perfil

    Montexto 17.04.2012 13:13

    E deve vir da facilidade ou fluidez com que se faz esse tipo de letra, como dizem os dicionários na definição de «cursivo»...
  • Sem imagem de perfil

    Venâncio 17.04.2012 16:59

    Não, o que Pedro Lomba quer dizer é uma leitura DIAGONAL. Eu percebi imediatamente.
    É já a segunda vez que aqui «traduzo» este cronista para o que ele tinha em mente.
    Caro Pedro Lomba, vou começar a cobrar-lhe... o que um jurista achar justo.
  • Sem imagem de perfil

    Venâncio 17.04.2012 17:05

    Só agora topei com o comentário de Pedro Lomba das 12:50. Aceito-o. 
    Bom, safou-se desta vez. Mas não sem cumprimentos.
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.