Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Regência de «namorar»

Mai’nada

 

 

      «O verbo namorar é transitivo: Manuel namora Maria. [...] Na linguagem de Lisboa, porém, sobretudo na gente de pouca cultura, é vulgar ouvir-se dizer: “Fulano namora com Fulana”, “Fulana namora com Fulano”. Por analogia com expressões como ter ou andar de amores com» (Estudos de Filologia Portuguesa, J. Leite de Vasconcelos. Rio de Janeiro: Livros de Portugal, 1961, pp. 162-63).

      Agora os gramátegos defendem as duas construções. Assim, ninguém erra. Mais um contributo de peso da capital para todo o País. E antigas colónias.

 

[Texto 1397] 

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Venâncio 23.04.2012 08:52

    Lérias, pá, retóricas baratas. O teu ar rezingão é a camuflagem de uma grande vaidade: olhem pra mim, o último guardião do lídimo falar português! Se tivesses lido o que escrevi, em Estilo e Preconceito (1998), sobre os teus antepassados de há 150 anos (anteontem, digamos), saberias a impressão que deixas com esse descrédito metódico do presente. Parecendo fazeres história, tens a noção histórica de um fóssil. Cautela, não te pisem. Desmanchas-te.
  • Sem imagem de perfil

    Montexto 23.04.2012 11:50

    Preocupa-te antes contigo e sobretudo com a tua língua, que já tens muito com que
    te preocupar. Deixa lá que me desmanchem se forem capazes. Já tu não precisas de que te desmanchem; tu só precisas de que te consertem.
    Olha, lê por exemplo a «Gramática Portuguesa», de Tomás de Barros, «Para o Ensino Primário e Admissão aos Liceus», Editora Educação Nacional. Nunca é tarde para começar. Digo eu.
    Qualquer criatura, por mais sáfara e safada, é susceptível de remissão, segundo o bom  e velho catecismo.

    Volta sempre.
    Cá te espero no lugar do costume.     
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.