«Aparte/à parte»

Ainda falhamos nisso?

 

 

      «Aparte o pequeno nicho de casario escondido, tudo o resto é selvagem. Exceptuando apenas uma antiga fábrica de manteiga (agora habitada uma vez por ano por um coreógrafo suíço e louco, com a sua companhia de dança — durante um mês, criam e ensaiam uma peça que depois exibem por toda a Europa) e o bar, quase sempre fechado, isolado na vertente e chamado Formidável» («Chegar ao Corvo e ficar para sempre», Paulo Moura, «Fugas»/Público, 21.04.2012, p. 10).

      Pois, é daqueles erros comezinhos e mais comuns. Só é, ou devia ser, incomum ser um jornalista a dá-lo. À parte é uma locução adverbial e significa excepto, sem falar emAparte é um substantivo e significa o que um actor diz simulando falar consigo; frase isolada para interromper alguém; observação marginal em discurso.

 

[Texto 1407] 

Helder Guégués às 22:37 | favorito
Etiquetas: