Léxico: «golpe de mar»

Se é golpe, é francês

 

 

      Não me lembro de antes ter lido a expressão golpe de mar (ou golpe-de-mar, como a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira regista). Nem sempre corresponde a vagalhão; por vezes, é sinónimo de pequena tempestade. Há-de vir, pois claro, do francês coup de mer. Não o encontramos no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora.

      «Porém, poucos minutos depois do vapor ser lançado sobre a Forcada, foi partido por um golpe de mar, resvalando todos os passageiros para a voragem das ondas que separava as duas metades do barco, para nunca mais serem do número dos vivos» (Naufrágios, Viagens, Fantasias e Batalhas, João Palma-Ferreira. Lisboa: INCM, 1980, p. 125).

 

[Texto 1424]

Helder Guégués às 15:35 | comentar | favorito
Etiquetas: