Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Cuba Livre»

Não impliquem

 

 

      «O coordenador regional da Madeira do PCP, Edgar Silva, criticou ontem a escolha do nome Cuba Livre para a operação judicial que está a verificar as contas da região, pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal. “Todos estamos a acompanhar certamente aquela operação, que, não sei por que obras de arte haviam de chamar Cuba Livre, em vez de chamar Madeira livre da corrupção”, referiu Edgar Silva» («PCP-Madeira contra o nome Cuba Livre dado pelo DCIAP», Público, 26.04.2012, p. 8).

      Isto é implicação pura e não terem nada mais importante para dizer. Que interessa o nome? Até podia ser Merda Madeirense ou Bloody Mary. Interessam os resultados. «Por que obras de arte»? Não me soa. No contenente só conhecemos «por que bulas», «por que raio», «por que carga de água», «por que diabo» e variantes — quase sempre mal escritas.

 

[Texto 1431]

2 comentários

Comentar post