Elementos «anti»

Demasiado só para uma edição

 

 

      «Os manifestantes que integraram esta iniciativa exigiram mudanças na política anti-tráfico do país e percorreram em vinte autocarros um trajecto de três mil quilómetros entre a cidade mexicana de Cuernavaca e a fronteira com os Estados Unidos» («Movimento pela paz culpa EUA por violência no México», Catarina Reis da Fonseca, Diário de Notícias, 13.06.2011, p. 23).

      Fico estupefacto com estes erros frequentes. Não serão os jornalistas capazes de saber de cor, ou, enfim, alojar noutra víscera qualquer, a regra de que os compostos formados com o prefixo anti apenas têm hífen quando o segundo elemento tem vida à parte e começa por h, i, r ou s? Reparem que os casos que tenho vindo a referir são todos da mesma edição, a de ontem, do Diário de Notícias. Não é demasiado?

 

[Texto 150]

Helder Guégués às 09:22 | favorito
Etiquetas: