«Tecto/telhado»

Chegou aos jornais

 

 

      Nas traduções do inglês, é habitual a confusão entre «tecto» e «telhado». Na imprensa, nem por isso. «A Pensão Noite Cristalina ficou sem teto e duas pessoas sofreram ferimentos de pouca gravidade na sequência de um incêndio que deflagrou pelas dez da manhã de ontem neste edifício da rua da Palma, em Lisboa» («Incêndio destrói teto da pensão Noite Cristalina», Diário de Notícias, 26.05.2012, p. 14). O que a fotografia mostra é que o edifício ficou sem telhado. Não só sem tecto, mas também sem telhado. E bem podia ter ficado sem telhado, mas com tecto, ou vice-versa. «O antigo Teatro Laura Alves, na Rua da Palma, entretanto convertido em pensão, ardeu ontem, tendo o fogo sido extinto às 12h10. As chamas começaram num dos quartos e danificaram o telhado» («Incêndio na Baixa», António Pedro Santos, i, 26.05.2012, p. 7).

 

[Texto 1592]

 

Helder Guégués às 14:12 | favorito
Etiquetas: