Ortografia: «mazagrã»

Redundante

 

 

      «Para saborear com doce nostalgia, com um mazagrãn numa mão e uma queijada de Sintra na outra» («Sandes/Fatias de um itinerário com recheio», Maria Espírito Santo, «LIV»/i, 26.05.2012, p. 7).

      Está, como hei-de dizer?, demasiado nasalado... Pode ser lapso, mas, para o caso de não ser, é erro.

 

[Texto 1594]

Helder Guégués às 14:50 | favorito
Etiquetas: